Corpo - Contato Improvisação - Artes do corpo - Videodança.

domingo, fevereiro 17, 2008

LUCIA SANTAELLA - O CORPO SOB INTERROGAÇÃO

“O corpo está em cena, sem que haja qualquer possibilidade de predizer o futuro e seus limites.” Esta afirmação de Villaça e Góes (1998:32) sintetiza com propriedade a proeminência do corpo e a perplexidade que ele tem provocado no pensamento atual. Mesmo dentro da medicina e da biologia, que eram tradicionalmente seus redutos mais legítimos, a questão do corpo deixou de ser pacífica para se transformar em um problema com implicações legais, éticas e até mesmo antropológicas.
Desde Marx, Nietzsche e Freud, com a entrada em pauta da ação, vontade e desejo humanos, até então ignorados devido à supremacia da razão, os conceitos sobre a experiência do corpo e sua relação com o mundo começaram a extrapolar sua suposta dimensão exclusivamente natural até então mantida sob tutela da fisiologia e da anatomia. Abriu-se, assim, “uma nova zona de visibilidade do corpo”, permitindo a leitura das “inscrições dos fatores econômicos e políticos, da moral, da cultura, dos fantasmas e dos investimentos de desejo que circunscreveram o modo como o corpo emprega sua força de trabalho, instintual ou pulsional”...

Livro: CORPO E COMUNICAÇÃO
Autora: LUCIA SANTAELLA

Um comentário:

kond disse...

Opa! Eu tenho esse livro e gosto muito dos assuntos que Santaella aborda nele. Aliás gosto muito dos livros de Santaella. Lhe recomendo o livro de Denise Bernuzzzi, "Corpos de Passagem" http://www.estacaoliberdade.com.br/releases/corpos.htm
Acho que vai ser muito útil pra vc.

Aroldo